eventos e notícias

Professora participa de colóquio sobre letramento e cultura escrita como prática social Em destaque
Erica C. Temponi Rodrigues, professora do Colégio Salesiano São José de Sorocaba

A professora do Colégio Salesiano São José, de Sorocaba (SP), Erica C. Temponi Rodrigues, participou do VII Colóquio Internacional sobre Letramento e Cultura Escrita como Prática Social, nos dias 31 de julho, 1 e 2 de agosto. O evento foi realizado em Belo Horizonte, na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Lá, a educadora pôde compartilhar seu relato de experiência a partir de um trabalho realizado com seus alunos do colégio, cujo tema era Alfabetização e Tecnologia.

 

Para ela, o encontro, além de oferecer a oportunidade de aprender com os profissionais renomados, ouvir os relatos de experiências e perceber a diversidade nas formas de trabalhar a alfabetização e os multiletramentos, propiciou momentos de muitas reflexões sobre outras possibilidades para o ensino e aprendizagem no processo de alfabetização.

 

A programação contou com uma equipe de peso. Além dos professores renomados da própria Universidade, foi possível refletir sobre Letramentos e Políticas Educacionais com a responsável pelo Centro de Alfabetização e Letramento (CEALE), Francisca Izabel P. Maciel.

 

Temas como Educação Bilíngue, Trajetórias sobre os letramentos em diversas esferas sociais, Práticas de Leitura e Escrita, Mulheres e a Escrita, Letramentos na Comunidade Acadêmica, Letramentos de grupos minoritários, Multilinguismo no Brasil, diversos estudos de casos e relatos de experiências foram assuntos abordados no evento.

 

A Rede Salesiana Brasil de Escolas (RSB-Escolas) implantou o seu material didático digital (MDD) em 2014. Nesses últimos anos, a metodologia de trabalho consolidou-se, e o uso da tecnologia tornou-se um elemento comum nos processos de aprendizagem das escolas da rede. O projeto apresentado pela professora Erica foi iniciado em 2017 numa das oficinas do projeto Crescer em Rede e, de lá para cá, está evoluindo e adquirindo muita consistência. Quem ganha com isso são os alunos e as famílias.

 

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação – Colégio Salesiano São José