eventos e notícias

Alunos do IMI de Barbacena são selecionados para projeto do América Futebol Clube Em destaque
Projeto de Futsal busca oferecer aos jovens carentes de Barbacena e região um espaço adequado à formação humana e desportiva

O América Futebol Clube (AFC), em Barbacena, agora conta com as habilidades dos alunos-atletas João Gabriel Chein Pierre, João Gabriel Ferreira Nascimento e Carlos Miguel Dias Santos, do Instituto Maria Imaculada (IMI) de Barbacena. Eles foram selecionados para fazer parte do Projeto "Escola de Especialização e Rendimento Desportivo de Futsal", que é uma inciativa sem fins lucrativos. "Eles foram observados nos jogos do Troféu Independência e convocados a participar de uma seletiva em 05 de outubro e 26 de outubro. E qual não foi a alegria e emoção quando a organização entrou em contato para anunciar a escolha?", diz Ana Cristina Ferreira, mãe do João Gabriel Ferreira. Para que a seleção fosse concretizada, os alunos do IMI puderam contar com a preparação do prof. Vinicius Chiodi.

 

O América pretende conciliar formação esportiva de alta qualidade com transformação social; o esporte sendo aplicado como ferramenta de desenvolvimento Humano. Mais do que formar bons atletas, o América quer formar bons cidadãos.

 

Aqui reside, então, o melhor e maior argumento para justificar a implementação deste Projeto: oferecer aos jovens de Barbacena e região, extremamente carentes de oportunidades, sobretudo àqueles que vivem em condições de maior vulnerabilidade, um espaço adequado à formação humana e desportiva, contribuindo para que o esporte se torne para este público um mecanismo de promoção social.

 

Sobre o América Futebol Clube (AFC)

 

O América Futebol Clube é entidade que fez parte do cenário desportivo municipal e regional por muitas décadas. Conhecido popularmente como o “Mecão da Olegário Maciel”, o clube foi fundado no dia 06 de novembro de 1931 e, ao longo de 88 anos de existência, figurou-se entre as principais agremiações esportivas da região do Campo das Vertentes.

 

Em sua trajetória, conquistou inúmeros títulos do Campeonato Citadino, organizados pela Liga de Futebol de Barbacena (LFB), participando também de diversas edições do Campeonato Regional de Juiz de Fora. O América, por circunstâncias alheias à sua vontade, perdeu sua sede no ano de 1993 e este acontecimento marcou negativamente a história do esporte de Barbacena e região, o que simbolizou para muitos o fim de uma era graciosa do futebol local. De lá para cá, o futebol perdeu um pouco do encanto em Barbacena. Aquela chama que parecia ter se apagado, por meio do fechamento daquela “porta”, sobreviveu em sua brasa às intempéries do tempo e reacendeu.

 

  

 

Fonte: Assessoria de Comunicação - Instituto Maria Imaculada (IMI) de Barbacena (MG)