eventos e notícias

Congresso Salesiano Internacional de Educação promove a capacitação de educadores e gestores Em destaque
Reitor-Mor dos Salesianos e 10º sucessor de Dom Bosco, Pe. Ángel Fernández Artime

Três dias de conhecimento, troca de experiências e capacitação para o ano letivo de 2019: o Congresso Salesiano Internacional de Educação foi uma oportunidade única de desenvolvimento profissional para os educadores e gestores participantes. Realizado no Colégio Salesiano de Belo Horizonte, entre os dias 06 e 08 de agosto, o evento instigou reflexões e discussões sobre Educação, Gestão, Empreendedorismo e Inovação.

 

O Congresso começou na tarde do dia 06 com uma apresentação artística do Grupo Sarandeiros, projeto do Colégio Salesiano de Belo Horizonte, desenvolvido em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com o intuito de valorizar a cultura brasileira. Em seguida, o inspetor da ISJB, Pe. Orestes Fistarol, abriu oficialmente às atividades do evento, que começou com a realização de quatro salas temáticas.

 

Na sala 01, a professora Edna Sam abordou “A importância da formação técnica para o mercado de trabalho”, tema muito pertinente para os educadores salesianos, já que a ISJB está implantando a oferta de cursos técnicos nos Cesams. Na sala 2, o padre e professor Geraldo Caliman apresentou as “Metodologias pedagógicas voltadas para a inclusão social”, temática que despertou bastante interesse dos participantes por destacar um desafio cotidiano vivenciado pelas unidades salesianas. Na sala 3 e na sala 4, respectivamente, outros dois temas também muito atuais estiveram em pauta: a professora Flávia Fulgêncio abordou “Formando mentes bilíngues” e o professor João Lacerda “Pensamento Computacional: desenvolvendo habilidades para as novas profissões”.

 

As atividades do primeiro dia terminaram com a palestra magna, ministrada pelo professor Ronaldo Nuzzi: “Estratégias imprescindíveis para o sucesso de uma instituição de ensino”, que instigou os participantes a pensarem em boas práticas e os desafios da hierarquia frente aos processos.

 

O segundo dia foi o mais aguardado do Congresso, por contar com a participação do Reitor-mor dos Salesianos e 10º sucessor de Dom Bosco, Pe. Ángel Fernández Artime, que está em visita à ISJB. Ele presidiu a Celebração Eucarística, que reuniu salesianos, participantes do evento e alunos do Colégio Salesiano. Em sua homilia, ele destacou a importância de se buscar a felicidade autêntica e profunda e do desejo que todo educador salesiano deve ter de fazer a diferença na história dos jovens.

 

Após a missa, o Reitor-mor ministrou a palestra magna “A arte de escutar e acompanhar na ação educativo-pastoral salesiana”. Sobre o processo de escuta e acompanhamento, Pe. Ángel afirmou ser fundamental construir um relacionamento de amizade com a juventude. “Nós temos que ser amigos dos jovens. Às vezes, eles precisam de uma palavra que tenha sabor da palavra de um pai ou de uma mãe. Em muitas ocasiões da minha vida salesiana, pude ver jovens que precisavam da minha ajuda com pai. Esta é a arte de escutar e acompanhar”, explicou. Ao final de sua fala, padre Ángel foi homenageado pelos alunos e educadores do Colégio Salesiano, recebendo uma placa comemorativa.

 

  

 

O inspetor da ISJB, Pe. Orestes Fistarol, enaltece a importância da participação do Reiro-mor no Congresso. “A Educação é um dos pilares da obra salesiana, por isso, a realização de um Congresso Internacional sobre o tema, com a participação do sucessor de Dom Bosco, é um privilégio para a nossa Inspetoria e para todos que fizeram parte desse evento. As palavras proferidas em um momento como esse devem tornar-se um norte a guiar nosso trabalho e ser motivo de animação e inspiração para todos os salesianos e educadores em nossa missão de educar a juventude”, diz o inspetor da ISJB.

 

Após a participação do Reitor-mor, na parte da tarde, os congressistas puderam participar novamente de salas temáticas. Na sala 1, o pró-reitor acadêmico da Católica de Vitória – Centro Universitário, professor Ricardo Daher, expos as “Metodologias ativas de aprendizagem”. Na Sala 2, o professor João Lacerda trouxe novamente a discussão sobre o “Pensamento Computacional: desenvolvendo habilidades para a as novas profissões”. A Sala 3 abriu espaço para a os jovens, Vicente Nascimento, da Juventude Missionária Salesiana (JMS), e Raphaella Fernandes, da Liderança Jovem Salesiana (LJS), mostraram o “Protagonismo Juvenil: cases de sucesso da Juventude Salesiana”.

 

Após um intervalo, na Sala 4, o superintendente estratégico da ISJB, professor Ludovico Bernadi, apresentou aos participantes “O que as narrativas têm a ensinar a prática docente”. Para Ludovico “É preciso entender as narrativas em que nossos jovens estão inseridos. A educação precisa estar em consonância com a atualidade, capacitando os nossos alunos aos desafios desse mundo globalizado”.

 

Encerrando os eventos do dia, foi realizado um jantar cultural, com a presença do Reitor-mor, de seu secretário, Pe. Horacio López, e do conselheiro para a América Cone Sul, Dom Natale Vitali. A noite contou com apresentações de música, dança e teatro, protagonizadas pelos educandos dos Centro Juvenil Dom Bosco e São Domingos SávioCesam-MG, Colégio Salesiano de Belo Horizonte e pelo grupo de capoeira Sinhá, que emocionaram os presentes.

 

O último dia começou com uma Celebração Eucarística em Ação de Graças aos Jubilandos da ISJB, presidida pelo bispo da Diocese de Colatina e salesiano, Dom Décio Zandonade, que em suas palavras enalteceu a relevância do Congresso.

 

A palestra magna do dia foi proferida pelo professor Laênio Loche “Motivação de educandos: como motivar para educar”. Encerrando o evento foram realizadas três salas temáticas. Na sala 1 o professor Laênio promoveu uma oficina. Na sala 2, a professora Alexandra Gabbard apresentou o tema “Educação Bilíngue: desafios da sala de aula” e Dudu Obregon propôs uma reflexão sobre o “Empreendedorismo Criativo”, na sala 3.

 

O delegado inspetorial para Escolas e Ensino Superior e diretor do Colégio Salesiano de Belo Horizonte, Pe. Ricardo Sávio do Sacramento, faz uma avalição positiva do evento. “Esses foram dias muito enriquecedores para todos os participantes. Discutimos temas desafiadores e contemporâneos, comum a todos que atuam em espaços de Educação, e que certamente contribuirão para o aprimoramento das ações planejadas e executadas de agora em diante”, afirma.

 

O ecônomo inspetorial, Pe. Marcelo de Paula, compartilha da opinião, enaltecendo a oportunidade de atualização oferecida pelo Congresso. “Tanto a Educação como a Gestão estão em constante evolução. É muito importante para todos os envolvidos nessas áreas estarem familiarizados com os novos conceitos e práticas para ofertamos um serviço cada vez melhor. O Congresso trouxe uma valiosa contribuição nesse sentido”, ressalta.

 

Para mais fotos, clique aqui.

 

Fonte: Boletim Salesiano